Os recursos, no valor de R$ 10 milhões, são repassados ao município pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE)

Governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus renovaram, nesta terça-feira (08/08), o convênio que garante a manutenção, com recursos do Estado, dos parques, praças e espaços construídos pelo Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+), repassados para a administração municipal. O Prosamin+ é executado pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Sedurb).

Governo do Amazonas e Prefeitura renovam convênio para manutenção dos parques e praças do Prosamin+

Foto: Tiago Corrêa / UGPE

O convênio foi assinado pelos secretários da Sedurb, engenheiro civil Marcellus Campêlo, e de Limpeza Urbana do Município (Semulsp), Sabá Reis. Em 2022, quando foi firmado pela primeira vez, o Governo do Estado repassou R$ 5 milhões à Semulsp, para esse fim. A renovação por mais um ano prevê o repasse do mesmo valor, R$ 5 milhões.

Segundo Marcellus Campêlo, o convênio é importante para garantir a boa manutenção dos espaços, para uso da população. “O Governo, por meio do Prosamin+, investe recursos na requalificação dessas áreas, constrói parques e praças para beneficiar os moradores. Uma vez prontos, são repassados para a administração municipal, que irá zelar e manter o bom funcionamento desses equipamentos públicos”, afirmou.

Arborização dos Parques Urbanos do Prosamin+ 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMMAS), realizou, nesta terça-feira (08/08), um mutirão de plantio de mudas no Parque Urbano Desembargador Paulo Jacob, também construído pelo Prosamin.

Conforme o diretor de Departamento de Arborização, Davisson Braga, a ação, em alusão a Semana Municipal de Valorização ao Estagiário, promoveu o plantio de mudas, por meio do Programa Manaus Verde, que visa a arborização de espaços da capital.

Governo do Amazonas e Prefeitura renovam convênio para manutenção dos parques e praças do Prosamin+

Foto: Tiago Corrêa / UGPE

“Estamos fazendo aqui o plantio de 102 mudas, às margens do Igarapé de Manaus, dentro do Parque Paulo Jacob. São mudas de espécies nativas, como andiroba, jutairana, munguba e, inclusive, sumaumeira. O intuito do órgão é trazer uma melhor cobertura vegetal e uma melhor qualidade de vida para a população que frequenta o parque”, ressalta o diretor.