Deste total, 115 foram de combate a focos de incêndio em áreas de vegetação

 

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) atendeu, na primeira fase da Operação Aceiro 2023, 154 ocorrências nos municípios de Humaitá, Lábrea, Boca do Acre, Manicoré e Apuí. Deste total, 115 foram de combate a focos de incêndio em áreas de vegetação. Os dados, que correspondem ao período entre 12 de julho e 8 de agosto, fazem parte do plano de ação do Governo do Estado para combater o desmatamento e as queimadas no período da estiagem.

Aceiro 2023: Primeira fase da operação encerra com 154 ocorrências atendidas no sul do Amazonas

Foto: Divulgação/CBMAM

De acordo com o comandante-geral do CBMAM, coronel Orleilso Ximenes Muniz, na terça-feira (08/08), a corporação realizou a troca de fase da operação, com retorno dos bombeiros que estavam atuando nos cinco municípios, desde julho, e envio de novas equipes para a segunda fase.

“Nosso trabalho tem sido de monitoramento, prevenção, fiscalização e, principalmente, combate dos focos de queimadas nesses municípios que compõem o chamado ‘Arco do Fogo’. Realizamos, ontem, a troca das equipes operacionais nos municípios, iniciando assim a nova fase da operação. Vale destacar que a maior parte das áreas de ocorrências são terras de responsabilidade do Poder Federal. Por isso, também temos o apoio da Força Nacional nesse serviço operacional”, destacou coronel Muniz.

 

Dados

 

Das 154 ocorrências atendidas pela corporação, Humaitá teve o maior número, compreendendo 28% dos registros de atendimento, seguido por Lábrea com 26%, Boca do Acre com 16%, Apuí com 16% e Manicoré com 14% dos casos.

Aceiro 2023: Primeira fase da operação encerra com 154 ocorrências atendidas no sul do Amazonas

Foto: Divulgação/CBMAM

“Além das ocorrências de combate a focos de incêndios, nossos bombeiros também são acionados para ocorrências de outros segmentos como, por exemplo, resgate de animais silvestres, controle de inseto, busca em área de selva e acidente de trânsito. Por esse motivo, sempre enviamos militares de diversas áreas de atuação”, disse o comandante-geral do CBMAM.

 

Preparo Técnico

 

Nos dias 2 e 3 de agosto, o Corpo de Bombeiros realizou a Instrução de Nivelamento de Conhecimento (INC) para os militares que foram convocados para a segunda fase da Operação Aceiro. O treinamento aconteceu com aulas teóricas e práticas. Ao todo, 72 bombeiros estão compondo a segunda fase da missão.

 

Integração

 

O reforço do Governo do Estado se dá com a Operação Aceiro 2023, que integra a Operação Tamoiotatá 3 – uma força-tarefa que reúne órgãos de segurança pública e de meio ambiente na repressão a crimes ambientais em áreas críticas de desmatamento e queimadas.