Balanço divulgado pelo Governo do Amazonas, por meio da Amazonastur, mostrou um crescimento 30,1% na arrecadação neste ano, em relação a 2022

 

O turismo gerou R$146,6 milhões na economia de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) durante o 56º Festival Folclórico, alcançando um novo recorde. O resultado foi apresentado nesta terça-feira (08/08), pelo Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), e mostrou que a receita direta dos turistas aumentou 30,1%, neste ano, em comparação com a edição anterior. 

Recorde: Turistas geraram mais de R$ 146 milhões de receita durante Festival de Parintins

Foto: Tácio Melo/Secom

“Esses resultados deixam claro o quanto o Festival de Parintins é importante para a cultura e, também, para a economia do município. Especialmente para pequenos empreendedores. São tricicleiros, costureiras, artesãos e muitos outros profissionais que esperam o ano inteiro pela chegada dos turistas. Por isso que o nosso governo investe tão fortemente na festa e na infraestrutura do espetáculo”, afirmou o governador Wilson Lima.

O evento, que é considerado o maior festival folclórico a céu aberto do mundo, atraiu 110 mil pessoas para a ilha Tupinambarana, em 2023, entre os dias 30 de junho, 1º e 2 de julho. Durante as três noites da festa, o Bumbódromo é o palco da disputa dos bois-bumbás Caprichoso e Garantido, que são os protagonistas do evento.

Recorde: Turistas geraram mais de R$ 146 milhões de receita durante Festival de Parintins

Foto: Lucas Silva/Secom

“O festival estar no patamar que está hoje é fruto de muito trabalho do Governo do Estado e do governador Wilson Lima, que é um apoiador incondicional dessa bandeira desse grande festival”, disse o presidente da Amazonastur, Gustavo Sampaio.

O crescimento na movimentação econômica é um reflexo direto da importância do festival e da força do turismo, na avaliação do presidente da Amazonastur.

Recorde: Turistas geraram mais de R$ 146 milhões de receita durante Festival de Parintins

Foto: Tácio Melo/Secom

“Isso é fruto do trabalho, a missão da Amazonastur é promover o Amazonas. E Parintins é uma grande bandeira nossa. A gente divulga Parintins em feiras nacionais e internacionais”, destacou Sampaio.

 

Índice de satisfação

 

Projetos da Amazonastur estão entre as quatro melhores avaliações entre os turistas. O quesito com a maior aprovação foi o artesanato (98,82%), seguido do Turistódromo (98,21%), hospitalidade (97,40%), Ritmos na Ilha (96,92%) e Guia de Bolso/Mapa Turístico (94,93%).

Neste ano, o Turistódromo registrou um grande sucesso e atraiu um público recorde de 50 mil pessoas, um aumento de 25% em relação a 2022. O espaço do Governo do Amazonas reuniu serviços importantes de atendimento ao turista e atividades como a entrega do Passaporte Regional com carimbos personalizados, um grande êxito da edição.

Outra conquista destacada pelo presidente da Amazonastur foi a avaliação positiva dos turistas em relação ao estreante evento Ritmos na Ilha, que reuniu 14 atrações musicais, em quatro dias de festa, além da transmissão da Festa dos Visitantes e do 56º Festival Folclórico de Parintins, em um ambiente com toda a estrutura e segurança.

 

Recomendação de turistas

 

Turistas de estados como Pará, São Paulo, Rio de Janeiro, Roraima e Pernambuco, além de outras cidades do Amazonas, estiveram presentes nos festejos dos bois-bumbás Caprichoso e Garantido, em Parintins.

Conforme o levantamento realizado pela Amazonastur, 98,51% dos turistas entrevistados afirmaram ter a intenção de recomendar Parintins como destino turístico. Enquanto 96,58% dos visitantes informaram que tem intenção de retornar à ilha da magia.

A pesquisa avaliou o perfil dos turistas e a percepção da população durante o evento. Ao todo, 2,1 mil pessoas foram entrevistadas, por 18 profissionais da Amazonastur em diversas áreas da Ilha Tupinambarana como a Praça da Catedral, Porto, Praça Digital, Turistódromo e Bumbódromo, entre 26 de junho a 02 de julho.